Melhor Tecnologia na Melhor Idade

Confira a entrevista com Matheus Quincozes, CEO & Founder da VEGA I.T.

hospedagem idosos
Matheus Quincozes, CEO & Founder da VEGA I.T.

A VEGA I.T. foi inaugurada com a missão de conectar empresas e relacionar pessoas. Tornou-se referência em Tecnologia para Hospitalidade no país, atendendo 8 das 10 maiores redes hoteleiras no país, além de centenas de hotéis independentes desde uma pequena pousada a grandes resorts.  

Conversamos com Matheus Quincozes CEO & Founder da VEGA I.T. formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná, conta com 25 anos de experiência em Tecnologia da Informação (TI), sendo que desses, 21 anos à frente da VEGA I.T., atendendo centenas de hotéis em todo o território nacional. Neste tempo teve a oportunidade de acompanhar a modernização do mercado hoteleiro, desenvolvendo soluções tecnológicas em Hospitalidade para as principais redes do país. 
 
Abordamos como a tecnologia pode auxiliar o público 60+ durante a estadia em hotéis.  

Blog Hospitalidade Brasil: Como a Vega It pretende ajudar os idosos com a questão da hospedagem? 

MQ: Acreditamos que a tecnologia traz uma série de facilidades como autonomia, praticidade, segurança e usabilidade. Os idosos estão cada vez mais aderidos aos meios digitais e as nossas soluções possuem uma interface fácil e intuitiva, fazendo com que esse público possa realizar check-in e check-out, ter acesso a informações, consumir serviços hoteleiros, entre outros recursos, com muito mais facilidade. 

No início da pandemia os idosos foram acelerados compulsoriamente a se digitalizarem mais, e com isso, nós fizemos vários ajustes para deixar nossos produtos com uma usabilidade ainda mais adaptada para este público. 

BHB: Acredita que com um sistema de check-in interativo uma pessoa de mais idade terá facilidade? 

MQ: Com certeza. O check-in online possibilita que o usuário preencha os dados exigidos pela FNRH com mais comodidade e tranquilidade. O nosso software tem campos parametrizados que facilitam o preenchimento, além de separar o cadastro em etapas, que faz com que o processo não seja cansativo. Tanto para check-in, check-out e pagamento on-line. 

Leia também: Reimaginando hospitalidade: práticas de inclusão social

BHB: Como é feita a implantação de tecnologia para facilitar a hospedagem da população crescente de idosos no país? 

MQ: Nós desenvolvemos a nossa tecnologia a fim que ela proporcione agilidade, autonomia e segurança. Isso se aplica a todos, inclusive aos idosos. Nossas soluções elevam a experiência do hóspede e fazem com que eles interajam mais facilmente com os serviços do hotel. 

BHB: Vocês notam a procura de clientes 60+ para os hotéis em que prestam serviço? E como a tecnologia vai ajudar essa fatia do mercado? 

MQ: O público 60+ está muito presente nos hotéis, sobretudo naqueles que oferecem experiências diferenciadas. Com o aumento da longevidade e qualidade de vida, os idosos têm aproveitado melhor o turismo, investindo em viagens, cruzeiros e hotéis. Se por meio da nossa tecnologia, facilitamos o acesso aos serviços oferecidos pelo hotel, as dicas de passeio, pontos turísticos, assim como a praticidade de solicitar o serviço do quarto pelo smartphone ou pela TV da acomodação ou realizar uma pesquisa de satisfação on-line, logo esses hóspedes poderão aproveitar mais do hotel e até mesmo, da cidade. 

BHB: Por fim o que esperam para 2022, quais são as prospecções para esse período de retomada do mercado? 

MQ: Esperamos um 2022 muito otimista para a hotelaria. Com o avanço da vacinação, já conseguimos sentir a retomada do setor e com os investimentos em tecnologia, temos certeza de que esse ano será muito próspero para o turismo e para a hospitalidade. Estamos em contato constante com hotéis de todos os portes para fortalecer essa retomada e estamos ansiosos para a Equipotel, que é um evento muito importante para apresentar e debater sobre as soluções para o segmento.