Como definir o valor da diária de hotel

3 pontos essenciais para considerar ao estruturar e definir o valor da diária de hotel em benefício do seu negócio.

0
151

Gestores de pequenos e médios meios de hospedagem podem esbarrar em algumas dificuldades em definir o valor da diária de hotel ao longo do ano. Afinal de contas, é necessário considerar algumas variáveis, além de administrar toda a operação.

Por isso, aprenda 3 principais dicas para criar tarifas competitivas com o mercado e que gerem lucro para o hotel tanto quanto pousada ou hostel, por exemplo.

Alta temporada ou baixa temporada

Dependendo da região onde está o seu empreendimento as épocas de baixa e alta temporada variam. Em lugares de calor e férias de verão, as tarifas sempre ficam na alta temporada de dezembro a fevereiro aproximadamente. Já em outros lugares, como Campos do Jordão, as tarifas ficam na alta temporada quando é agosto.

Portanto, avalie de acordo com a procura pela sua região. Além disso, outras questões podem alterar a sazonalidade, como a Covid-19.

Tarifas dinâmicas

Outra opção de tarifa é a dinâmica. São tarifas que variam de acordo com a taxa de ocupação do hotel, podendo aumentar em caso de alta ocupação e diminuir na baixa criando promoções, pacotes e descontos.

Uma boa maneira de implantar tarifas dinâmicas é criar uma específica para dias da semana, outra para os finais de semana e outra para feriados. Também é possível uma tarifa mensal.  De toda maneira, é preciso sempre lembrar que meios de hospedagem não trabalham com estoque. Um dia com quarto vazio não se recupera.

Experiências do hotel

Outro ponto importante que os gestores precisam saber para definir o valor da diária de hotel, é a experiência do cliente. Nesse sentido, trata-se do que ele irá encontrar no seu hotel que torna diferente dos demais?

Às vezes hotéis e pousadas podem parecer iguais, mas cada um tem serviços muito próprios. Talvez a sua hospedagem conte com cachoeiras privadas ou um acesso à praia exclusivo, por exemplo. Por isso, os diferenciais competitivos devem ser levados em consideração na hora de definir a tarifa ideal.

Como calcular o valor da diária de hotel de maneira adequada

Em primeiro lugar, é preciso levantar os dados do hotel. Qual o prazo de recuperação do investimento? Quais são os custos de cada serviço e acomodação? E as despesas? Quais são as diferenças entre o seu hotel e outros da mesma categoria ou região?

Contudo, lembre-se que criar uma tarifa que cobre apenas os custos e despesas não é o objetivo. Uma tarifa dessa forma não possibilitaria investimentos na propriedade, manutenções e outras situações emergenciais e imprevisíveis que podem ocorrer, comprometendo o fluxo de caixa.

Por isso, uma das formas é utilizar a fórmula Hubbart que é reconhecida e utilizada por profissionais do turismo e hotelaria.

Levantando os custos e despesas, impostos da propriedade e seguros, depreciação, retorno do investimento de sócios. Some todos os valores deste item e subtrai pelo valor de receitas não provenientes das UHs e terá a receita real proveniente das acomodações.

Após esse cálculo é necessário multiplique o total de quartos para a disponibilidade no ano e a taxa de ocupação no ano multiplicada pela ocupação média. Esta última multiplicação deverá ser dividida pela receita proveniente das UHs que levará ao resultado da diária.

Depois disso, o resultado deve-se somar com o lucro pretendido pelo hotel e começar a implantar as tarifas no meio de hospedagem.

Gestão na hospitalidade

Para uma atuação incrível na hospitalidade é preciso alinhar e qualificar os setores responsáveis pelo funcionamento do hotel. Conheça as dicas de hotéis para melhor o setor de reservas. Veja como a Lei Geral de Proteção de Dados influencia no trabalha dos meios de hospedagem.

Quer se informar sobre as novidades do seu setor? Acompanhe o Blog Hospitalidade Brasil nas redes sociais, Instagram e Linkedin, e inscreva-se na newsletter da Equipotel, detentora do Blog Hospitalidade Brasil, para receber conteúdo por e-mail.