Wier recomeçará com entregas

0
242
CEO Wier
Bruno Mena Cadorin - CEO Wier. Foto: Divulgação.

No Expositor Equipotel de hoje, Bruno Mena Cadorin, Diretor da Wier comenta como a empresa atuou durante a pandemia e o que espera com a retomada.

Quase 10 anos de história fazem da Wier líder no mercado de ozônio e plasma frio. São mais de 20 mil geradores de ozônio produzidos nacionalmente e presentes nos 5 continentes em mais de 14 países. A empresa é referência no setor de hospitalidade graças a tecnologia de plasma frio para higienização avançada, oxi-sanitização e tratamento de efluentes, altamente eficazes na eliminação de micro-organismos e odores.

Associada a IOA – International Ozone Association e única brasileira certificada pelo Instituto Técnico Espanhol de Limpeza – ITEL, é dirigida por Bruno Mena Cadorin, com quem conversamos para saber como a empresa atuou durante a quarentena e o que esperam com a retomada.

1) Uma palavra que defina a sua quarentena:

Oportunidade.

2) Uma palavra que definirá seu recomeço pós quarentena:

Entrega.

3) Como você está atuando ao lado dos seus clientes durante a pandemia?

Nós enxergamos o cliente como sendo mais um colaborador da empresa. Procuramos ficar mais próximos e entender a sua situação, trazendo-o para a realidade e até mesmo, em alguns casos, ajudando no controle e planejamento financeiro. Apresentamos opções de crédito e em alguns casos facilitamos o pagamento. Aumentamos a relação de confiança com nossos clientes.

4) Como você está atuando ao lado dos seus colaboradores durante a pandemia?

Nossa mensagem ao time foi clara: somos uma família e precisamos cuidar uns dos outros. Nossos colaboradores são a base do nosso negócio. Além de fornecer o que é preconizado durante a pandemia como EPIs, distanciamento interno, controle de temperatura e home office, por exemplo, oferecemos também transporte via aplicativos, além de uma maior conscientização sobre os cuidados que devemos ter.

5) Para você, quais os principais aprendizados que a pandemia trouxe ao mercado de hospitalidade?

Sem dúvidas, a pandemia trouxe uma conscientização do quão suscetíveis somos e do quão nossa vida corre risco em relação a contaminações. Diante disso, o mercado de hospitalidade precisa se atualizar frente a novas formas de higienização para prezar pela saúde e vida de seus clientes e não quebrarem seus negócios.

Confira mais depoimentos em Expositor Equipotel. Para continuar recebendo mais conteúdos, a nossa newsletter está aberta para inscrições.