Food experience: leve experiências até as casas dos clientes

0
603
Food experience
Chalezinho proporciona food experience mesmo fora do estabelecimento. Foto: Divulgação

Conheça 3 exemplos de restaurantes que praticam a arte do food experience mesmo fora do estabelecimento.

Obviamente, a expressão “comer fora” sempre significou experimentar pratos, temperos e lugares em qualquer lugar que fosse fora do lar. Além disso, escolher uma refeição em um restaurante sempre veio acompanhada da expectativa de ter uma experiência gastronômica incrível, conhecida como food experience.

Entretanto, apesar do desenvolvimento da tecnologia ter possibilitado entrega de pratos via delivery próprio e, posteriormente, através de aplicativos de entrega, restaurantes continuam buscando proporcionar experiências únicas com as comidas para os clientes tanto no estabelecimento quanto fora dele.

Longe de ser apenas um capricho, o food experience preza pela experiência do cliente de forma humanizada e diferenciada com o intuito de garantir retorno, divulgação, boas avaliações e até fidelidade. Contudo, mesmo em tempos de isolamento social, os restaurantes se adaptaram para manter o food experience para seus clientes.

Quais restaurantes aplicaram o food experience de maneira inspiradora? O que é relevante levar em consideração para uma experiência diferenciada para seus clientes? Respondemos essas perguntas ao conversar com alguns restaurantes que já são exemplos de food experience e que levam experiências para seus clientes mesmo em casa.

Conheça-os:

Baked Potato

Buscando aproximar a qualidade do atendimento presencial no sistema delivery, a Baked Potato – batatas assadas com recheios diversos, ao estilo americano e europeu -, decidiu por entregar o seu produto com os ingredientes separadamente junto com um manual explicando como montar a batata. A experiência permite que, além de conservar sabor e montagem, o cliente se divirta preparando o prato e se inspirando com os chefs do restaurante.

“Quando a gente idealizou o delivery do Baked Potato pensamos na qualidade do produto. Para poder mandar essa qualidade e o cliente ter a batata o mais próximo possível do que o cliente iria experimentar na loja. O calor da batata faria que os recheios derretessem, como manteiga e requeijão, fazendo com que chegasse com qualidade abaixo do que gostaríamos. Sabemos que alguns clientes gostariam de receber ela montada, mas para nós é mais importante que o produto fique próximo da experiência que ele tem na loja”, comenta Alvaro Carramaschi, diretor da Baked Potato.

Chalezinho

Outro restaurante que é exemplo de food experience é o Chalezinho, muito conhecido pelos casais paulistanos apaixonados. A rede, que atualmente tem duas unidades em São Paulo, decidiu implantar o sistema de delivery durante o isolamento social. Contudo, sem perder o charme característico de quem o conhece.

A famosa fondue da casa, por exemplo, teria de ser entregue em outra forma para se manter a qualidade e, consequentemente, necessitou da finalização feito pelo cliente. Contudo, isso desenvolveu o food experience na prática, proporcionando experiência do casal e criando um clima parecido com o do restaurante. Para auxiliar os clientes, o Chalezinho criou kits de fondue e no aplicativo é possível encontrar até os assessórios como, por exemplo, aparelhos para fondue com espetos, taças de vinho e álcool em gel para réchaud.

“O Chalezinho sempre foi referência em entregar além de comida, uma experiência para os clientes. Com a pandemia enxergamos a necessidade imediata de não esperar para reinventar e com o restaurante fechado, foi uma forma de gerar receita e mantermos a operação acontecendo”, explica a sócia Meg Mattani.

Além de proporcionar esses kits entregues por delivery, o Chalezinho ainda criou um site para com vídeos para auxiliar no preparo do famoso prato. A sócia do restaurante afirma que “Os kits em casa vieram para ficar. O novo normal irá levar as pessoas para os restaurantes, e para fora de casa, de uma forma geral mais conscientes, mas também faz com que muitos queiram viver mais vezes boas experiências dentro de casa”.

+Leia também: Bares e restaurantes se reinventam para atrair clientes

Mania de Churrasco

Com mais de 70 unidades nos principais shoppings do País, o Mania de Churrasco também nos dá uma aula de reinvenção e resiliência. Isso porque, apesar do fechamento temporário dos shoppings, o restaurante pôde proporcionar o food experience através da nova linha “Churrasco Burger em Casa”, em formato delivery.

Com o objetivo de proporcionar uma experiência em família, os kits de churrasco contam com duas opções, sendo de 6 e 12 hamburgueres. “A ideia é que as famílias possam saborear os nossos burgers também em casa, preparados exatamente como fazemos nos nossos restaurantes ou com a adição de outros ingredientes, de acordo com a criatividade e gosto de cada um”, explica Marcelo Cordovil, diretor de expansão da marca.

Os kits ainda contêm folder explicativo de como preparar o hamburguer, o descongelamento dos alimentos e preparo dos outros itens. “Neste momento, em que boa parte das pessoas estão retomando o gosto por preparar a própria comida em casa, é interessante oferecer opções para quem quer apreciar um churrasco ou burgers feitos com carnes de qualidade, como os encontrados nos nossos restaurantes”, finaliza Cordovil.

O food experience em diferentes formas

Em suma, é possível perceber que igualmente importante a qualidade da comida, está a experiência gastronômica. Por isso, restaurantes se mostram cada vez mais adeptos às tecnologias em prol de conexões com seus clientes, seja no estabelecimento ou no mundo online.

Além disso, outras inovações estão se mostrando necessárias para a proporcionar confiança e retorno por parte da clientela. Portanto, agora que você já conheceu exemplos de como aplicar o food experience, descubra outras tendências que vão pautar os restaurantes do futuro.

Que tal receber mensalmente uma seleção de conteúdos relevantes no seu e-mail?

Assine a newsletter gratuita da Equipotel.

Siga a Equipotel nas redes sociais: