Room-office: conheça os novos e inovadores quartos-escritórios da AccorHotels

0
543
roomoffices da AccorHotels

A tendência da AccorHotels que está transformando alguns de seus apartamentos em ambientes propícios para o trabalho remoto.

De fato, a queda na ocupação e a adesão forçada ao home office, explicadas pelo isolamento social global, obrigou os hotéis a repensar o uso de seus espaços. Enquanto não podemos viajar pelo mundo e transformar tendências em realidade, alguns empreendimentos estão propondo novidades para quem não pode compartilhar espaços com outros profissionais, mas também não quer ficar na sala de jantar de sua casa. Esse é o caso da AccorHotels e seus hotéis econômicos, midscale e premium localizados em São Paulo.

Descobrindo as novas necessidades dos clientes

Há quem não se incomode de trabalhar em casa, por exemplo, e que criou uma rotina própria para esta eventualidade. Contudo, uma pesquisa realizada pela AccorHotels neste ano, apontou que aproximadamente 68% dos 530 clientes entrevistados preferem trabalhar fora do ambiente doméstico, o que, consequentemente, traz uma nova oportunidade de rentabilidade.

“Nesse momento de isolamento social, muitas pessoas estão buscando tranquilidade e infraestrutura para trabalhar. Ter um local seguro, perto de casa, confortável e com preço acessível será uma solução para muitos profissionais de diferentes áreas”, afirma Oliver Hick, COO das marcas midscale e econômicas da AccorHotels no Brasil.

A biossegurança, no entanto, pode ser um impeditivo, para muitos possíveis clientes.  A pesquisa realizada também indicou que 61% se preocupam com alto padrão de higiene e sanitização oferecidos durante a pandemia. “É importante assegurar que o ambiente estará limpo, seguindo os mais altos e rigorosos padrões de higiene e limpeza”, conclui o executivo.

Transformando apartamentos em escritórios de forma segura e acessível

RoomOffices da AccorHotels

Foto: Divulgação AccorHotels

Nesse sentido, a empresa se mobilizou para atender as necessidades de seu novo público-alvo. Como resultado, ao invés de encontrar uma cama, o cliente terá acesso a mesas, cadeiras, sofá, internet de alta velocidade, frigobar, água, chá e café, tudo com o conforto de um hotel.

E justamente pela ideia estar longe de ser um projeto arquitetônico complexo de ser realizado, é possível transformar os apartamentos que já contam com energia, televisão, água e internet neste tipo acomodação. Uma tarefa simples e ao mesmo tempo inspiradora para todo o setor da hotelaria.

Seguindo este objetivo, o hotel Pullman São Paulo Guarulhos, que faz parte do AccorHotels, é um dos hotéis que recebe a novidade. “A mudança principal realmente foi a retirada da cama. A mesa ficou como a peça principal do apartamento. Reorganizamos o espaço para ter um melhor aproveitamento, deixando também uma poltrona para alguns momentos de descanso, além de uma boa iluminação e um espaço livre para a prática do Yoga, relaxamento ou alongamento”, afirma Luciana Nakamura, gerente geral do hotel.

“Os clientes Pullman sempre buscaram facilidades que estivessem ligadas ao trabalho e lazer. Neste contexto, conseguimos oferecer um ambiente que ele possa trabalhar, com facilidades, ofertas de alimentação e principalmente os protocolos de higiene, que são tão importantes neste momento”, comenta a gerente.  

Os quartos podem ser adaptados para autônomos e colaboradores de pequenas, médias e até grandes empresas. “Acreditamos que mesmo após a pandemia as empresas ainda vão procurar esse tipo de serviço até se adaptarem às normas de distanciamento”, afirma o gerente geral Jarves Rockenbach do Pullman São Paulo Ibirapuera.

Serviços extras oferecidos pela AccorHotels

Além do alto padrão em hotelaria, AccorHotels também é conhecida por seus espaços de eventos e por seu cuidado com restaurantes e buffet. Por isso, para o período em que o cliente estiver no hotel serão oferecidos pacotes de café da manhã, almoço e jantar por room service.

Contudo, as academias, restaurantes, piscinas e demais áreas comuns seguem fechadas atendendo a exigências das autoridades. No entanto, em alguns hotéis será possível pedir equipamentos de exercícios dentro do quarto.

No Pullman, por exemplo, os clientes encontram equipamentos e folhetos de exercícios, pensados pela embaixadora fitness da marca, Sarah Hoey. “Todos os Room Office terão na oferta: Internet, 4 capsulas de café expresso, 4 saches de chá e 2 águas cortesia, além das facilidades que já estão no quarto, como a TV que pode ser utilizada para projeção. Nossa oferta Pullman tem como diferencial o Kit Yoga, que inclui equipamentos para prática do Yoga e vídeos da nossa embaixadora Wellness Sarah Hoey, que poderão ser utilizados pelos nossos clientes do Room Office. Na oferta da Suíte, teremos também um equipamento de ginástica”, comenta Nakamura.

Foto: Divulgação AccorHotels

Apoiada pelos benefícios da tecnologia e recursos digitais, a rede disponibilizou uma página exclusiva no site para quem tem interesse em verificar quais hotéis contam com esta opção, além dos detalhes, disponibilidade e valores dos room-offices. No site conta, inclusive, com pacotes e porcentagem de desconto.

Mais tendências e inovações para a hospitalidade


Assim como a AccorHotels, outras empresas estão reformulando seu jeito de fazer negócios com o objetivo de minimizar e até mesmo superar o isolamento social. Que tal ver quais são as tendências mais promissoras para o futuro do turismo? Ou conhecer e-books gratuitos sobre como melhorar a gestão do seu hotel. Aqui no Blog Hospitalidade Brasil você encontra conteúdos inspiradores para você pensar fora da caixa e ir além do óbvio!