13 dicas para alavancar o setor de alimentação em hotel pós covid-19

0
303

Em live exclusiva promovida pela Revista Hotelier News e Grupo R1, especialistas do setor de alimentação em hotel deram dicas de como adaptar as operações do setor para a retomada dos negócios.

Hoteleiros se preparam para reabrir seus empreendimentos nos próximos meses. Contudo, já estão se reinventando para oferecer uma experiência diferenciada e de acordo com as exigências do novo normal.

Por isso, recentemente a Revista Hotelier News e o Grupo R1 conversaram com Daniel Saldanha (Digital Restaurants), o chef Gustavo Torres (SIG Gastronomia), o arquiteto Herbert Holdefer (134 Office), Izabel Giannichi (Nutrisanto) e Miler Bairros (Novotel Curitiba e QCeviche!) em busca de inspiração para os demais profissionais do setor.

A live contou, ainda, com 13 importantes dicas para melhorar a performance das operações do setor de alimentação na hotelaria. Essas você confere agora:

  1. Primordialmente, trate a área de alimentos & bebidas como uma unidade de negócios e, nela, tenha uma comunicação e acompanhamento exclusivo de resultados;
  2. Tão importante quanto estabelecer esta unidade, é essencial que a equipe esteja treinada através de capacitação técnica;
  3. Estabeleça metas e mudanças a serem adotadas por sua equipe de acordo com as necessidades atuais dos consumidores;
  4. No setor de alimentação do hotel é importante criar uma comunicação transparente e eficaz a respeito do que está sendo feito para proteger a saúde de todos;
  5. Adote padrões rigorosos de higienes. Eles podem ser tanto o protocolo padrão quanto medidas específicas para o seu negócio. Essas medidas passarão confiança para seus clientes;
  6. Nestes padrões, implemente esforços que assegurem o cumprimento destas boas práticas;
  7. Importante atualizar-se com as novas exigências sanitárias específicas para o seu setor. Entretanto, você pode formar seu próprio comitê de retomada, por exemplo, ou mesmo envolver um especialista externo para colaborar neste período de adaptação;
  8. Se for necessário, mude o layout do setor de alimentação com o objetivo de manter o distanciamento social necessário;
  9. Pense em produtos que possam atender o sistema híbrido (tanto o presencial quanto o delivery). Dessa maneira, você garante uma experiência equilibrada para seus clientes independentemente de onde ele tenha contato com seu estabelecimento.
  10.  A respeito do delivery, se ele faz parte do setor de alimentação do hotel, trate-o como tal. É importante para o business fazê-lo com pessoas dedicadas e não apenas como “quebra-galho”;
  11.  Outra dica também é explorar as opções de cafés da manhã famosíssimos no setor de alimentação presencial. Por que não o explorar também nas vendas online?;
  12.  Sem dúvidas, a pandemia acelerou os negócios online dos restaurantes, e isso trouxe, inclusive, uma excelente oportunidade de mantê-lo também assim;

Última dica, mas não menos importante:

  1. Descomplique processos e locais! Mais do que nunca, o restaurante precisa de espaço e ventilação. Nesse momento, o setor de alimentação de hotel pode até buscar outras alternativas para aumentar a ocupação e distanciamento.

Decerto a indústria hoteleira como um todo jamais será a mesma após o novo coronavírus e quanto mais estivermos preparados para a retomada, mais oportunidades surgirão! Por isso, recomendamos o acesso a live completa “Pandemia Covid-19: quais os desafios para o setor de A&B?” com essas e outras dicas. O conteúdo está disponível gratuitamente através do canal da Hotelier News no YouTube

Este conteúdo foi inspirado no conteúdo original da Hotelier News. Continue acompanhando o Blog Hospitalidade Brasil com as mais relevantes dicas e informações sobre o mundo da hospitalidade.