VEGA IT em Expositor Equipotel: como a empresa atua durante a pandemia

0
469

Nunca foi tão importante estar conectado neste período de pandemia, não é mesmo? Neste caso, a expertise da Equipotel é conectar marcas com marcas, marcas com pessoas e pessoas com pessoas, combinando qualidade, criatividade, empatia e confiança. Pensando nisso, temos o prazer de apresentar a ação Expositor Equipotel, que chega para reafirmar o propósito de priorizar o relacionamento entre seus expositores, visitantes e parceiros. Neste primeiro cenário de estreia, mostramos quem já faz parte do nosso universo. E o convidado de hoje é Matheus Quincozes, Founder & CEO da VEGA IT, mestre quando o assunto é tecnologia.

Confira a seguir o conteúdo Expositor Equipotel abordado em sua primeira entrevista para o blog Hospitalidade Brasil.

Expositor Equipotel: Uma palavra que defina a sua quarentena

Matheus Quincozes: Me desculpe mas tenho que usar 2: CALMA e PARCERIA

EE: Uma palavra que definirá seu recomeço pós quarentena

MQ: ACELERAÇÃO

EE: Como você e a VEGA IT está atuando ao lado dos seus clientes durante a pandemia?

MQ: Somos uma empresa com responsabilidade grande com o setor. Então, adotamos uma postura de muita flexibilização financeira junto aos clientes. Para se ter ideia, em apenas 2 semanas eu conversei pessoalmente com mais de 600 gestores de hotel para entender o momento deles e como poderíamos ajudar. Isso me deu muita massa crítica para entender o cenário como um todo. Assim, pude preparar para ajudar mais do que “somente” isentar e flexibilizar pagamentos. Uma das medidas de ajuda foi  uma postura educativa, onde semanalmente realizamos LIVES através do projeto VEGALIVE. No projeto assumi a postura de ajudar os hoteleiros com informações de várias disciplinas e não somente tecnologia. Para participar, inclusive, basta se inscrever no nosso canal do youtube VEGA IT Tecnologia e acompanhar todos os vídeos que sejam do interesse.

EE: Como a VEGA IT está atuando ao lado dos seus colaboradores durante a pandemia?

MQ: Nossa equipe foi nossa grande preocupação no momento 0 de tudo isso. Sem uma equipe unida e suficiente, não poderíamos atender bem nossos clientes durante esse período. Contingenciamos muita coisa, como: muitos contratos com fornecedores e processos internos. Colocamos quase todos da equipe em home office. Aplicamos em alguns departamentos redução de jornada (onde a demanda caiu) e, graças a tudo isso temos orgulho de dizer que não demitimos ninguém pela crise. Esperamos que consigamos nos manter assim. Além disso, com a quantidade de conversas que tive, pude ver nitidamente onde podemos ajudar os hoteleiros na retomada. Então estamos contratando gente e acelerando alguns projetos para ajudar nossos clientes no pós-pandemia.

EE: Para você e a VEGA IT, quais os principais aprendizados que a pandemia trouxe ao mercado de hospitalidade?

MQ: Acho que a principal lição é que eles precisam ter a mente aberta e aceitar rapidamente mudanças. Aceitar mais a tecnologia como parte do negócio também. Antes da pandemia, por exemplo, soluções de pré-check-in e diminuição de fila não eram vistas como prioridade por boa parte. Hoje, me ligam desesperados para implantar. Ou seja, quem implantou antes já tem uma dor de cabeça a menos agora. E isso serve para várias tecnologias que ajudam em processos e trazem mais receita ao hotel. Não podemos mais ter apenas 0,5% do orçamento dos hotéis em tecnologia, acredito que isso ficou claro para o mercado a partir de agora.

Matheus também estará presente em mais uma edição da Equipotel em 2020. E você, o que achou da estreia do Expositor Equipotel?

Para receber conteúdo exclusivo do evento, continue acessando o Blog Hospitalidade Brasil e as redes sociais da Equipotel. Aqui no nosso blog você encontra dicas sobre notícias do mercado, atualizações profissionais e gestão para seu negócio.