5 lições de marketing e comunicação que aprendi recentemente com Washington Olivetto

0
710

Para quem não sabe, Washington Olivetto, um dos maiores nomes da publicidade, foi responsável pelos melhores insights que já tive em uma palestra quando estava criando minha empresa, a GO Consultoria.

Recentemente, Olivetto cedeu uma entrevista para o UOL e, ao acompanhar, pude refletir sobre valiosos aprendizados que podemos facilmente aplicar em nosso mercado.

Por isso, aproveito a oportunidade e venho compartilhar com vocês as cinco das muitas lições de marketing e comunicação que podemos absorver com esta entrevista.

1. É tempo de relacionamento

Agora não é hora de vender, é hora de informar. Agora não é hora de persuadir, é hora de prestar serviço. As empresas que fizerem isso sairão mais fortes desse momento;

2. Oportunidade para revisão

Aquelas empresas ‘gordas’, que já precisavam de um spa faz tempo, terão que emagrecer, agora não mais por uma questão estética, mas por saúde mesmo (sobrevivência);

3. Encante mais, mensure menos

Mais importante que comunicação é saber encantar e seduzir. Aquela máxima “o mais importante da comunicação é saber mensurar seus resultados”, vai perder seu breve reinado. Sem grandes ideias, não acontece nada. Não tem resultado para mensurar. Essa é a verdade;

4. Personalidade de marca importa muito!

Assim como as pessoas preferem conviver com pessoas bem-humoradas, ao invés de pessoas mal-humoradas, os consumidores preferem comprar de empresas assim. Bom humor passa simpatia e autoconfiança, características típicas dos grandes vencedores.

Mesmo num momento dramático como o que vivemos, o humor, quando pertinente, pode ser uma poderosa arma de vendas e construção de imagem;

5. Publicidade mais amigável

Espero que, quando a pandemia acabar, tenhamos um mundo menos poluído e poluente e que as marcas em suas publicidades sigam no mesmo caminho, agindo de forma menos poluída e poluente.


Torço para que essas lições de marketing e comunicação te inspire tanto quanto me inspirou e que, quando a retomada chegar, possamos fazer do nosso mundo, um mundo melhor!