Equipotel apresenta: Mulheres líderes de ambientes hospitaleiros

0
739

Segundo levantamento Women in Business 2019, cerca de 93% das empresas brasileiras entrevistadas, alegam ter ao menos uma mulher como líder

Apesar do número expressivo, 32% acima do informado na pesquisa realizada em 2018, quando o questionamento são os cargos de chefia (gerentes e acima), elas, no entanto, ocupam apenas 25% deles.

Dentre os principais desafios enfrentados por mulheres no mercado de trabalho, estão, sobretudo, a luta por respeito e condições igualitárias de trabalho.

Um recente estudo realizado pela ONU, por exemplo, revela que aproximadamente 90% da população mundial tem algum preconceito claro contra a mulher, seja ele por direitos, política, economia ou outro aspecto.

Empoderamento feminino e protagonismo da mulher em suas carreiras

Contudo, o empoderamento feminino e grandes mulheres líderes nos mais diferentes setores da economia têm sido inspiração para mais profissionais sonharem, investirem em suas carreiras e conquistarem um posto de chefia no mercado de trabalho.

“É tão importante a gente ter o sentimento de responsabilidade para superar dificuldades ou para almejar a construção de um futuro” disse Chieko Aoki, CEO da Blue Tree Hotels durante entrevista à websérie Deixa Ela, produzida pelo Estadão.

Mulheres na liderança de diferentes ambientes hospitaleiros:

Diante deste cenário e com o objetivo de motivar outras profissionais, a Equipotel selecionou mulheres líderes responsáveis por aplicar de forma tão positiva a hospitalidade nos setores em que atuam. Confira:

Denise Santos, CEO da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo

Denise é a primeira mulher a ocupar o cargo de CEO de uma rede de hospitais no Brasil e conta com passagens pelo Hospital São Luís e Siemens. Desde que assumiu o cargo em 2013, a executiva é responsável por importantes iniciativas de reposicionamento de marca e desenvolvimento de equipe.

Em 2018, Denise Santos foi indicada pela Forbes Brasil como uma das melhores CEOs do país e, ano passado, recebeu o prêmio Lide Saúde. Além de outros reconhecimentos ao longo de sua carreira.

Helena Rizzo – Chef do Restaurante Maní

(Foto: Ricardo Corrêa)

Co-fundadora do restaurante Maní, inaugurado em 2006. Helena carrega, entre outros atributos, o amor pelo alimento e a essência da cozinha afetuosa para a elaboração de seus pratos.


Em virtude disso, já obteve reconhecimentos pessoais, dentre eles, a de melhor chef mulher do mundo pela Revista Restaurant em 2014 e no ano seguinte, chef do ano pela publicação “Veja Comer & Beber”. Por consequência, eu restaurante segue na mesma linha com diversos prêmios acumulados.

Equipotel apresenta mulheres líderes - Chieko Aoki

Chieko Aoki – CEO do Blue Tree Hotels

Conhecida como Dama da Hotelaria, Chieko Aoki coleciona renomados prêmios e homenagens, dos quais se empenha em dedica-los, em primeiro lugar, para todos os profissionais do Blue Tree Hotels.

Atuante em rede de hotéis desde 1982, Aoki preza constantemente pela excelência no atendimento personalizado, revelando que o segredo do sucesso está, inclusive, em ir além da prestação de serviço. “O que nós fazemos é mais do que atender, nós acolhemos e queremos cuidar das pessoas, que é diferente de apenas servi-las. ”


As mulheres líderes nos setores de hospitalidade representadas na Equipotel:

Durante a Equipotel 2019, por exemplo, Chieko Aoki participou do Estúdio Equipotel onde contou importantes acontecimentos que formaram sua história e também sobre os diferenciais competitivos do Blue Tree Hotels.

Por fim, Thais Faccin, Gerente da Equipotel, comenta que é necessário que a mulher use sua garra e determinação para ousar ocupar espaços no setor da hospitalidade. E que a feira tem a responsabilidade dar espaço e voz para grandes mulheres que atuam como agentes de evolução no setor. “Foi assim em 2018, 2019, certamente, será em 2020.”


Assine a newsletter da Equipotel e acompanhe as notícias do setor e os preparativos para a edição que acontece em setembro, no São Paulo Expo.