Case: UXUA como referência em sustentabilidade

0
335

Em época de polarizações, há unanimidades. A sustentabilidade – em seu tríplice aspecto – nos negócios é uma delas. Nenhum consumidor prefere uma marca que agrida o meio ambiente em detrimento de outra que é socialmente e ambientalmente responsável.

Na hotelaria das grandes redes até as pequenas pousadas, cuidados com meio ambiente estão presentes.

Por que não conhecer alguns exemplos bem sucedidos para encontrar inspiração?

Pense em um hotel brasileiro que tenha recebido dez prêmios nacionais e internacionais reconhecendo suas iniciativas sustentáveis, o único empreendimento nacional parte do Pacto Global da ONU, e que seu diretor seja convidado para participar da Cúpula de Líderes Mundiais das Nações Unidas que acontecerá em junho de 2020.

Trata-se do UXUA Casa Hotel & Spa, no Sul da Bahia.  Referência em design inteligente.  A  arquitetura foi inspirada nos estilos de vida tradicionais dos nativos da Trancoso subtropical e dos índios Pataxó para criar casas que oferecem abrigo contra chuva, temperatura constantemente agradável, com tetos altos e ventilação cruzada, abundância de plantas para dar sombra e refrigeração, e cortinas de mosquiteiros bonitas e funcionais feitas localmente, cobrindo todas as camas.

Tais esforços garantem redução no uso de energia.  O ar-condicionado obviamente é oferecido, mas sempre desligado quando os hóspedes estão fora de casa. Velas caseiras acesas em cada casa toda noite desencorajam o uso de luzes elétricas.  

Ainda no espírito de valorizar o terroir e a autenticidade, o hotel conta com 13 casas de pescadores coloniais no centro da vila, o Quadrado Histórico, restauradas por artesãos locais utilizando métodos e materiais tradicionais, o que proporciona aos seus hóspedes integração com a comunidade local.

Engana-se quem pensa que estamos falando de uma simples pousada.

Trata-se de um dos hotéis de luxo mais admirados internacionalmente e um dos refúgios preferidos de grandes nomes internacionais do cinema, das artes e da moda.

E pensando nesse público, exigente na gastronomia e preocupados com a saúde, o restaurante Quadrado e o Praia Bar trabalham com ingredientes de produtores locais e da horta orgânica do hotel. O recém-inaugurado Vida Lab sob a direção do médico nutrólogo Dr. Julian Hamamoto tem experimentado com uma série de ervas, flores, raízes e frutos dos 4 biomas de Trancoso, produzindo infusões, vitaminas, sucos, pro bióticos, hidroméis e mais uma série de experiências. Exclusivas para hóspedes, as preparações são todas orgânicas, de alta densidade nutricional e podem ser personalizadas de acordo com as necessidades e desejos dos hóspedes.

O UXUA também está à frente de iniciativas para preservar o ambiente natural de Trancoso, por meio da parceria antiga com a ONG local Associação Despertar e pelo projeto MAMA Trancoso (Movimento Ambientalista Mukaú Aponem), totalmente financiado pelo hotel. A Despertar se dedica à educação e profissionalização de jovens locais em turismo sustentável, e o projeto MAMA Trancoso desde 2017 forma de 10 a 20 jovens por ano como “ativistas digitais em suas comunidades pela sustentabilidade”. Pioneiro, o projeto oferece aulas de biologia, marketing, produção literária, musical e audiovisual, de direitos civis e de ativismo, com métodos multimídia, pesquisa de campo e ações de conscientização com a comunidade local.

Contribuindo ainda mais para a autenticidade da estada, 95% do quadro de quase 100 funcionários é local, treinados pelo hotel e oferecendo a hospitalidade inigualável da Bahia além de um profundo conhecimento de Trancoso e região a ser compartilhado com os hóspedes.

Ações socialmente e ambientalmente responsáveis, assim como as tendências da hotelaria de alto padrão, são temas recorrentes nas últimas edições da Equipotel, mais importante evento de hospitalidade no Brasil e América Latina.

Neste ano, conteúdos exclusivos sobre design e sustentabilidade fazem parte do programa. Não perca! A Equipotel acontece entre os dias 15 e 18 de setembro, na São Paulo Expo.