Recrutando com sucesso executivos de hotel no século XXI

0
96

A competitividade extrema no mundo dos negócios de hoje exige que as empresas hoteleiras consistentemente precisem superar companhias dentro e fora de seus verticais imediatos da hospitalidade. Tais concorrentes incluem linhas de cruzeiro, home-sharing e outras experiências de luxo ou nicho que todos constantemente se esforçam para dominar na quota de mercado.

Identificar e proteger superstars para cargos de liderança sênior é primordial para o desempenho contínuo da empresa em branding e participação de lucros. Aqui, deve-se estar pensando, “o melhor aluno da sala”, com talento de outros segmentos e, especificamente, aqueles dentro da indústria de hospitalidade mais ampla. Esta não é uma idéia nova, mas com o conjunto de concorrentes em constante evolução e ampliação, as empresas precisam elevar os critérios em uma base contínua. Esta prática recomendada faz sentido e pode ser extremamente eficaz quando implementada de forma pensada de acordo com um propósito estratégico bem definido.

O processo de recrutamento não termina quando uma carta de oferta é aceita. Na verdade, o programa de integração de uma empresa é crucial para ajudar os novos contratados a ter sucesso em seus papéis e na dinâmica do local de trabalho. Falta de competência técnica geralmente não é a principal razão pela qual os executivos recém-contratados falham ou saem, a questão principal tende a ser uma falta de ajuste cultural.

Assim, a integração apóia novas contratações com os conhecimentos e expectativas necessários para assimilar uma nova cultura. Para ser mais eficaz, o período de integração deve incluir a definição de expectativas muito claras de curto e longo prazo, bem como fornecer feedback contínuo aos novos executivos para que eles possam nortearem-se corretamente. É também essencial que a plena transparência seja oferecida durante todas as divulgações e interações com novos líderes. As organizações investem tempo considerável para recrutar novos líderes de forma intencional. A integração desses novos líderes deve adotar uma abordagem semelhante, especialmente quando são de fora para o setor ou para a indústria em geral.

A linha de fundo do processo é que qualquer nova adição à sua equipe executiva é uma decisão de missão crítica que deve avançar com um forte ROI. Em alguns aspectos, a contratação afeta toda a empresa e potencialmente altera a voz ou o tom da cultura da dela ou mesmo da marca. Trazer talentos pode introduzir novas perspectivas e experiências rentáveis com resultados extremamente positivos. A chave é identificar o conjunto de habilidades necessário, saber onde procurar essas competências e, posteriormente, garantir que haja um processo de integração sistemática para configurar novos líderes para o sucesso.

Acabamos de encerrar a 57ª edição da Equipotel com muitos negócios realizados e conhecimentos compartilhados, mostrando como a semana da hospitalidade é importante para o mercado! O próximo evento acontece ano que vem, mas continue nos acompanhando para conferir as novidades do setor que podem te ajudar a renovar seus negócios, se atualizar e conhecer as principais tendências.

Assine a newsletter da Equipotel!