Você sabe o que exigir ao contratar um software de gerenciamento de spa no seu meio de hospedagem?

0
59

Separamos oito coisas que um software de gerenciamento de spas deve fazer pela sua marca

É difícil executar um spa ou negócio de bem-estar nos dias de hoje, particularmente uma grande operação, sem a ajuda de um software de gestão abrangente. Mas como você escolhe um de todas as opções disponíveis? O ideal é começar por saber o que você precisa.

Há certas coisas que um sistema absolutamente deve ter, a fim de ajudar o negócio de spa a prosperar. Executar um negócio leva tempo e trabalho, e o sistema de software deve aliviar grande parte dessa carga. Mais que isso, ele deve cuidar de muitas das tarefas do dia-a-dia e minúcias para permitir que você se concentre em outras coisas importantes, como a experiência do seu cliente.

Aqui estão oito coisas que um software de gerenciamento de spa deve fazer por você:

  1. Agendamento de reserva

Reservas on-line e reservas móveis são uma necessidade. Em 2017, um quarto de todos os salões de beleza, spa de hotel e reservas de day spa foram feitas on-line, e este número certamente cresceu desde então. Os clientes também desejam a opção de agendar compromissos fora do horário comercial. A reserva on-line torna o seu negócio mais eficiente e reduz o tempo gasto retificando erros ou lidando com chamadas telefônicas longas. Ele também permite consolidar reservas em um local central.

  1. Gestão de pessoal e folha de pagamento

Um software deve cuidar da grade de escalas de sua equipe e gerenciamento de turnos, eliminando conflitos. Ele deve oferecer rastreamento automático de comissões e spiffs, bem como o rastreamento de up-selling e cross-selling. Um bom software gerenciará sua folha de pagamento e também permitirá que você acompanhe KPIs, desempenho e ofereça recompensas orientadas por ele.

  1. Gestão de estoques

Você realmente tem tempo para entrar em seu estoque, conferir tudo e organizar os itens faltantes manualmente? Seu software deve cuidar de auditorias e ajustes em tempo real e, quando necessário, em vários locais. Ele deve rastrear suas compras, recebimento e vendas de produtos, e deve alertá-lo quando algo está em baixa ou em falta e automaticamente reabastecê-lo.

  1. Marketing e retenção de clientes

Seu programa de fidelidade, promoções, associações e vendas de cartões de presente devem ser gerenciados pelo software. Essas coisas não apenas geram um monte de trabalho, fazê-los manualmente também significa perder tempo e oportunidades para melhorar a experiência dos hóspedes, como a oportunidade de personalizar seus pedidos e programas de recompensa. Um bom software também deve lidar com o rastreamento e gerenciamento de rendimento, além de lidar com todos os feedbacks de satisfação do cliente, para que você possa aprender a fazê-los ainda mais encantados com seus serviços.

  1. Gestão de receitas

Seu software deve ter um ponto de venda interno (PDV) e a capacidade de processar várias opções de pagamento, incluindo dinheiro, cartões de crédito e cartões de presente. Ele deve melhorar a experiência dos hóspedes com o check-out expresso e recibos por e-mail, cuidar do processamento de suas cotas de adesão e permitir o rastreamento central e resgate de pontos de fidelidade, atualizando automaticamente saldos nas contas de seus clientes. O software de spa também deve integrar-se perfeitamente com o seu sistema de gestão de propriedade, quando necessário, e permitir a opção de transferir todas as receitas de um para o outro.

  1. Gerencie seu business intelligence e relatórios

Um dos aspectos mais importantes de um negócio bem-sucedido são relatórios bem detalhados. Manter o controle de todos os seus KPIs, receitas, vendas de varejo e muito mais pode ser incrivelmente demorado. Sem mencionar que manualmente o rastreamento de todas essas coisas deixa um monte de espaço para o erro. Um software deve fazer isso por você, oferecendo dashboards em tempo real e relatórios centrais sobre eficiência operacional e desempenho de vendas. Ele deve rastrear as tendências de compra do cliente e demografia, dizer o que sua equipe está realizando e quais os técnicos mais produtivos, e oferecer relatórios de fim de dia e resumos financeiros.

  1. Mantenha seus dados seguros

Seus convidados querem saber que suas informações pessoais, de saúde e pagamento estão seguras. Isso não deveria ser algo que você tenha que pensar, nem por um segundo. Seu fornecedor de software deve ser capaz de garantir conformidade GDPR e HIPAA, e que os dados de seus clientes estejam seguros.

  1. Cuidar de você

Finalmente, o software deve ter um grande e ágil atendimento ao cliente. Muitas empresas de softwares de gestão de spas tem um péssimo atendimento ao cliente. Não há nenhum número para ligar quando há um problema com o sistema, ou quando se deixa uma mensagem, demora um ou vários dias para um retorno. Enquanto isso, seu sistema não está funcionando, o que afeta tudo sobre a experiência do cliente e seu negócio. Isto é inaceitável. A empresa de software também deve oferecer implementação e treinamento no local. Você não deve esperar descobrir as coisas por si mesmo. Encontre uma empresa de software que leva a sério o atendimento ao cliente.

Confira opiniões e estudos de caso ao comprar um software de gestão de spa. E não se esqueça de perguntar sobre todas essas coisas quando falar com um representante de vendas. Não tenha medo de realmente sabatiná-lo. Depois que você comprou o sistema é tarde demais para descobrir que está faltando um elemento-chave.

Acabamos de encerrar a 57ª edição da Equipotel com muitos negócios realizados e conhecimentos compartilhados, mostrando como a semana da hospitalidade é importante para o mercado! O próximo evento acontece ano que vem, mas continue nos acompanhando para conferir as novidades do setor que podem te ajudar a renovar seus negócios, se atualizar e conhecer as principais tendências.

Assine a newsletter da Equipotel!