Um viva ao diretor de bem-estar!

Embora historicamente sob responsabilidade dos spas, bem-estar agora influencia todos os aspectos das operações de hotéis e resorts, de Recursos Humanos (RH) a Alimentos e Bebidas (A&B). Com isto em mente, a necessidade de um líder para se conectar e coordenar estratégias interdepartamentais tem crescido organicamente e, consequentemente, uma nova função surgiu: o diretor de bem-estar.

Em 2018, vários grupos de hotéis mundo afora implementaram este cargo em seus negócios, visto que a nova função exige uma habilidade muito diferente da definida para a de um diretor de spa tradicional. “Assim como um background do bem-estar, esse profissional precisa ser empreendedor, ter qualidades de liderança fortes, tomar a iniciativa e ser um grande comunicador”, diz Anna Bjurstam, vice-presidente de spa e bem-estar de um dos resorts e spas de luxo da marca Six Senses.

O grupo, aliás, já conta com esse novo profissional em três de seus renomados estabelecimentos e tem planos para esse ano expandir o serviço a todas as suas propriedades. No futuro, Bjurstam prevê que o diretor de bem-estar terá a responsabilidade de programas de wellness até mesmo dos empregados, bem como iniciativas de sustentabilidade, tornando-se um papel fundamental dentro da empresa.

Com a hotelaria em constante transformação, uma posição como a de diretor de bem-estar pode ser aquela que impulsionará uma mudança positiva para o negócio. Embora ainda em fase inicial e de formas diferentes, muitas outras empresas, como Hyatt e AccorHotels, estão recrutando esses profissionais. Dos benefícios aos desafios, fato é que a posição pode transformar as marcas. No Six Senses, três diretores de bem-estar foram nomeados para as unidades de Douro Valley (Portugal), Kaplankaya (Turquia) e Zighy Bay (Omã).

Já o Mandarin Oriental Hotel Group conta atualmente com 26 diretores de bem-estar, que colaboram ativamente com os recursos humanos em iniciativas para funcionários, por exemplo. Eles também trabalham com a divisão de quartos em amenidades de wellness, experiências diferenciadas, além de vendas e catering no novo programa que leva o estilo mindful para os espaços de reuniões.

Com quatro diretores desse setor ao redor do mundo, o AccorHottels deu o pontapé inicial nessa mudança com a abertura do The Retreat Palm Dubai MGallery, hotel-conceito em bem-estar. A estratégia seguiu para o Fairmont Sirru Fen Fushi, nas Maldivas, e, mais recentemente, para o Fairmont Grand Del Mar nos Estados Unidos. O grupo planeja implementar mais ativamente essa função ao longo deste ano.

De criar conscientização sobre a programação de bem-estar das empresas, passando por iniciativas para que todo o staff tenha espaço e tempo para praticar o que se prega, um bom diretor de bem-estar precisa viver e respirar a essência desse estilo de vida e não apenas ter experiência em spa ou fitness. É tudo sobre oferecer e conhecer o todo, entregando assim a melhor experiência possível e personalizada a cada convidado.