Confira entrevista exclusiva com o presidente da ABIH Nacional

O ano começou extremamente otimista para o mercado de hospitalidade. Como já divulgamos anteriormente, uma pesquisa do Ministério do Turismo com 682 empreendimentos de todo o país revelou que 67,6% pretendem realizar investimentos nos próximos meses e 47,8% vislumbram aumento de faturamento, configurando os maiores percentuais de otimismo verificados desde o início da pesquisa, em janeiro de 2018.

Para entender este momento do mercado hoteleiro, projeções e medidas que estão sendo tomadas com base nesse levantamento, conversamos com Manoel Linhares, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-Nacional) sobre o mercado e sua visão de futuro.

Confira a entrevista na íntegra:

  1. Qual é o cenário da hotelaria brasileira em 2019?

Com a recente aprovação do Projeto de Lei 2724/15, que reformula a Política Nacional do Turismo, a questão da liberação os vistos para países importantes, entre eles os Estados Unidos, e a liberação para atuação de companhias aéreas de baixo custo no País, o setor de hotelaria está bastante otimista. As modernizações conquistadas com o Projeto de Lei serão fundamentais para estimular o turismo no Brasil.

Além disso, três pleitos da hotelaria foram atendidos: a taxa do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) para ambientes privados não será mais cobrada; foi criada uma nova regulamentação para a hospedagem de crianças e adolescentes, que passa a ser permitida com apenas um de seus pais ou responsáveis legais; e as mudanças com relação à Lei Brasileira de Inclusão para quartos de hotéis, que reduziu a exigência de unidades adaptadas para pessoas especiais. Segundo a nova regulamentação, os meios de hospedagem deverão disponibilizar 3% (três por cento) dos dormitórios, respeitando o mínimo de 1 (um), com as características construtivas e os recursos de acessibilidade e 4,5% (quatro e meio por cento) com as ajudas técnicas e os recursos de acessibilidade a serem definidas em regulamento.

  1. Qual é a importância de eventos como a Equipotel e a Equipotel Regional para esse cenário?

A Equipotel é fundamental em um cenário onde notamos uma retomada de investimentos no setor de hotelaria. É no evento que são apresentadas as últimas inovações e soluções para o mercado, e acreditamos que são oportunidades excelentes de se realizar um grande número de negócios durante o evento.

  1. Quais são as perspectivas para o ano que vem?

Acreditamos que, diante das medidas aprovadas pelo novo governo, a expectativa é de começar um círculo virtuoso no setor. Em minhas visitas às ABIH’s estaduais, tenho percebido bastante entusiasmo dos principais agentes do setor, nos grandes e pequenos destinos. Empresários estão se mobilizando para investir na melhoria dos serviços, treinamento e mesmo na expansão da oferta de leitos. É um momento renovado para o mercado de hospitalidade brasileiro.

Acompanhe as principais novidades do mercado com a newsletter oficial da Equipotel e faça parte da Equipotel Regional e Conotel 2019, evento que reunirá todo o mercado hospitaleiro do Centro-Oeste de 08 a 10 de maio, em Goiânia, das 14h às 20h.

Credencie-se gratuitamente!